zooparque de itatiba passeio pra família

Clara adora bichos, na realidade acho que isso é bem coisa de criança, não é? Já fazia algum tempo que Marido e eu queríamos encarar o zoológico, mas sempre ficamos na dúvida se era a hora certa ou não no quesito: será que ela vai curtir? Pois bem, este fim de semana resolvemos encarar o passeio e foi sucesso total por aqui. Fomos no Zooparque em Itatiba, um Zoológico particular super bacana e que é um completo passeio pra toda família.

Já comecei a atiçá-la na sexta feira, falando que amanhã iríamos ver os leão, o tigre, o macaco, a girafa e ela completava: o popoootamu, o inoceranti e assim nos divertimos até chegar o sábado de manhã!

Antes de ir, entrei no site deles pra ver como era a estrutura e perguntei pra uma amiga minha que já tinha ido. Confesso que a alimentação sempre é algo que me preocupa, além da higiene do local, banheiros, fraldário e afins.

O Zooparque fica em Itatiba, mais precisamente na Rod. Dom Pedro I, a estrada é muito boa até chegar no local, levamos uns 50 minutos pra chegar. Até lá, tem 2 pedágios pra ir e 2 pra voltar.

A entrada parece de condomínio, lá mesmo você já compra os ingressos e paga o estacionamento. Crianças até 3 anos não pagam, de 3  a 11 anos pagam R$ 11,00, adultos ou crianças acima de 12 anos pagam R$ 30,00, idosos R$ 20,00 e estudantes comprovando que estudam pagam R$ 18,00. O estacionamento com seguro é R$ 10,00 e assim, é obrigatório parar nele, senão fica bem longe pra ir a pé. Da portaria até o local do estacionamento deve ter pouco menos que 1km.

Logo na entrada tem um parquinho e algumas opções de brinquedos, mas confesso que nem fomos ver, queríamos mesmo é ver os bichos! Ah! Tem também cavalos pras crianças andarem e tirarem as fotos clássicas e o mini zoo que é tipo uma fazendinha com porcos, galinhas, galos e outros animais mais “domésticos”.

zooparque de itatiba passeio pra família

A trilha/percurso é bem tranquilo, é bem arborizado e sombreado, assim, mesmo com o calor tem uma brisa gostosa, mas corremos o risco de sermos presenteados com coco na cabeça, e tem placas sinalizando isso. lá é uma região de acasalamento de garças, aves em geral e elas tem ninhos nas árvores e não necessariamente nos espaços reservados pras outras aves.

O lago, as jaulas, enfim, todos os espaços dos bichos são muito bem cuidados e os animais também.

Clara se encantou ao ver os animais tão de perto e amou o macaco, queria ficar só vendo o macaco balançando na árvore e o macaquinho no coloca da mamãe macaca. <3

Em relação a alimentação, lá tem 1 restaurante self service que abre às 12hs e 2 lanchonetes. Uma logo na entrada e outra depois de 1.5km de caminhada, que sentado de lá, consegue-se ver os elefantes e hipopótamos.

zooparque de itatiba passeio pra família

Nesta lanchonete, a Lanchonete dos Elefantes, não tem nenhuma opção saudável. São vendidas porções, lanches, salgaados fritos, sucos de caixinha com açúcar, refrigerante, cervejas, sorvetes, chocolates. O menos nocivo que tinha lá era biscoito de polvilho normal.

A outra lanchonete é parecida no cardápio e o restaurante a comida é típica mineira e abre ás 12hs. Nós fomos almoçar quase no fim do expediente (16hs), ou seja, não tinha muita coisa, o feijão já estava ressecadinho, a comida revirada, mas deu pra perceber que tem condições de comer lá tranquilamente. Tem opções saudáveis, na realidade é comida de verdade, estilo caseira de fogão à lenha e bem saborosa! A sobremesa também é bem gostosa, com doces tipo de compota, gelatina e vende no caixa chocolate, sorvetes e afins. Minha dica é almoçar perto do horário de abertura, assim come mais gostoso.

Eu já sabia que íamos comer comida, por isso não me preocupei com lanches, mas levei na mochila água, suco de caixinha sem açúcar, biscoito de polvilho integral e banana. Caso a comida fosse ruim, dava pra Clara comer algo até chegarmos em outro restaurante na estrada.

Peguei um pouco de tudo que ela gosta e ela poder escolher: Arroz, feijão, talharine ao sugo, tomate cereja, milho, frango grelhado, ovo de codorna.

Peguei um pouco de tudo que ela gosta e ela poder escolher: Arroz, feijão, talharine ao sugo, tomate cereja, milho, frango grelhado, ovo de codorna.

Eu fui com uma calça gostosa, tênis e blua regata, Marido de bermuda, tênis e camiseta e a Clara de tênis, shorts e camiseta. O dia estava nublado, mas mesmo assim passamos protetor. No caso de dia de muito sol, é bacana ir de boné. A trilha é bem rústica, ruas de terra e pedregulho, por isso sandálias, chinelos ou rasteirinhas não é indicado. Ao longo de toda trilha tem sinalização, lixos e eu vi 3 banheiros. Em um dos que passamos, o perto da Lanchonete dos Elefantes eu vi que tinha um trocador, tipo aqueles que tampam as banheiras em pé, sabem? O banheiro não estava super limpo, mas usável e já era 15hs.

Levei uma mochila com trocas de roupa pra Clara e acho que em trilhas e caminhadas a mochila é sempre a melhor opção.

Ele fica aberto das 9hs às 17hs, chegamos lá quase 14hs, o passeio é relativamente curto, mas depende de quanto a Cria quer ficar na frente dos espaços de cada animal. Fizemos o trajeto todo em 2 horas e mais o almoço, ficamos por lá umas 3 horas, mas foi o que falei, não fomos no parquinho de brinquedos.

Adoramos o passeio e o mais gostoso no fim de tudo, ainda no restaurante foi ouvir a Clara dizer:

– Mamãe, a Clara goxtou do passeio. Delícia, mamãe!

Ganhamos o dia e super valeu!

Beijos

Share Button

Comentários