Bebê fez 6 meses e uma nova e importante fase irá começar, a introdução alimentar, ou melhor, a introdução dos alimentos sólidos. Mas vem cá, você sabe como os bebês veem os alimentos no início da introdução alimentar?

Durante um tempo, os alimentos são mais um tipo de brinquedo para os bebês. Isso mesmo, no começo da introdução alimentar, os bebês veem os alimentos como brinquedos e, faz parte do processo eles se habituarem com a novidade e irem evoluindo no tempo deles, claro, com nossos incentivos de maneira positiva.

Relembre: Quando começar a introdução alimentar dos bebês

Imaginem só: eles ficaram por 6 meses só se alimentando de forma líquida e com um único sabor. Tudo que eles colocavam na boca, cuspiam e não engoliam (ainda bem né? Viva a profusão). Até que um belo dia do nada, eles são colocados em uma cadeira e, independente do método, apresentados aos alimentos sólidos. Alimentos estes com diversas texturas, sabores, cores. Olhem só quantas emoções ao mesmo tempo para estes bebês.

Respeitar o tempo do bebê é muito importante para que a introdução alimentar seja tranquila e amorosa. Oferecer os alimentos e deixar que eles tenham contato com eles, via mãozinhas, via colher é essencial.

Já nos acompanha no Instagram? Vem com a gente participar da nossa rotina e muito mais! Cicla AQUI e prontinho!

Eles precisam entender o que fazer com toda esta novidade. E precisam ser felizes ao estarem nos momentos das refeições.

Não precisa ter pressa, o bebê vai comer. Comer é inato. Gostar de comer, comer com alegria, leveza não. A gente tem como estimular e contribuir de forma positiva pra isso.

Que a introdução alimentar por aí seja sem neuras e com muito amor, acolhimento e respeito.

PS: estão abertas as vagas para meu curso 100% online para esta fase, o Introdução Alimentar Sem Neuras. Bora juntas? Clique AQUI para conhecerem os detalhes do curso.

Share Button