Oi gente, tudo bem?

Quem me conhece sabe o quanto adoro escutar músicas com a Clara e isso vem desde a gravidez. Contei aqui sobre as músicas que ouvia na gravidez e virou nossa trilha sonora.

Sou a favor de musicalização ao invés de deixá-la na frente da tv e falei sobre isso neste post. Ela assiste tv, mas bem pouco e sempre algo com música, inclusive, a levei pra ver a Galinha Pintadinha por causa das músicas e não porque ela sabe quem é a tão famosa Popó e sim ela ficou de boca aberta quando vê o dvd. Segundo o Pediatra, são as cores.

Enfim, tenho um pouco de medo de viciá-la em TV, quero que ela brinque, corra, leia e divirta-se livremente e não presa a televisão.

Mas o que escutar com as crianças? Xuxa? Balão Mágico? As músicas infantis que escutávamos há 20, 30 anos atrás?
Aqui em casa, Marido não suporta a Xuxa e eu confesso que prefiro uma musicalidade com mais qualidade.
Foi aí que descobri, por intermédio de uma amiga o Grupo Éramos Três.



O Éramos Três surgiu em 2005, em Belo Horizonte, com proposta de desenvolver um trabalho lúdico e atrativo aos pequenos sem abrir mão da qualidade estética e musical. O grupo defende que a música para crianças não deve subestimar a inteligência e a inventividade de seu público-alvo. Ao contrário, o universo infantil abre um amplo território para exercício da experimentação e da criatividade, que só têm a contribuir para a qualidade do resultado musical.
O grupo levou quatro anos para finalizar seu primeiro CD, Quando eu crescer. Lançado em 2010 pela Tratore, o trabalho tem como matéria-prima as composições de Fernanda Sander (que é também a cantora da maior parte das faixas), a maioria composta a partir de sua experiência como mãe e professora de musicalização infantil. São 13 faixas que conciliam harmonias simples com experimentalismo e sofisticação na escolha dos timbres e dos arranjos, fazendo uma leitura divertida e delicada do universo infantil. O CD venceu o Prêmio da Música Brasileira 2011 como melhor álbum infantil.

Integrantes

  • Fernanda Sander – voz.
  • Eduardo Borges – violão, guitarra, percussão, programação.
  • Filipe Guerra – violão, guitarra, baixo, programação.
  • Jalver Bethônico – percussão, efeitos sonoros.

No site deles você consegue baixar o cd inteiro, tem a opção de tocar junto, vídeos, fotos. É o máximo.

E em um belo dia que fui comprar fraldas em uma loja de departamento infantil, comprei o CD  U2 for Babies e descobri a gravadora MCD e outra infinidade de opções de músicas pra bebês e crianças, mas músicas com qualidade, com percursão,  arranjo musical. Tem cds com as cantigas infantis antigas, mas o arranjo é sensacional.


Olha aqui o canal da MCD no Youtube e quantos vídeos bacanas pras crianças.

E vocês?
Gostam de ouvir música com as Crias?
Quais músicas costumam ouvir?
Beijos

Este post não é publicidade e sim uma Dica do que eu escuto em casa com minha filha.
Share Button

Comentários

  1. Aqui selecionamos muito o que Luna ouve! É difícil manter a criança longe das coisas que não curtimos, pois ela vivem em outros ambientes além da nossa casa, mas aqui não rola o que achamos inadequado, mesmo que ela peça! Ela ouve de tudo, o pai é músico, tá no sangue. Gosta da Rita Lee e da Madonna, totalmente inadequadas pra idade dela, mas aí é culpa da mãe aqui! rs
    Beijão. adorei a dica!