Clara entrou no berçário 10 dias antes de completar 6 meses, foi o maior drama mode on da mãe aqui e pra ela tudo foi super tranquilo, como falei AQUI. Com uma semana de berçário ela já sentava sozinha, a introdução alimentar foi mais suave e aos poucos ela começou a comer de tudo. Coloquei algumas restrições que a escola me permitia e tudo correu super bem. E quando eu menos esperava, bebê virou criança e do Bercário 1 foi pro Berçário 2

Ela sempre dormiu no meu colo e isso era um dos meus medos quando ela fosse pro berçário, mas este foi outro ponto que ela super se adaptou e dormia seu soninho tranquilamente. Aonde Clara fica, eles a colocam no bebê conforto, balançam até ela adormecer e assim ela dormia super fácil, muito mais fácil do que quando precisou ficar na casa da minha mãe ou sozinha com o Marido. Ou seja, esse é mais um ponto pra você Mamãe que está cheia de medos em “mau” acostumar seu bebê a dormir no colo.


Lá ela afirmou sua paixão por música, pois tem aulas de música com instrumentos musicais e ela é a que mais dança e interage, maior barato. Sempre ouvi música com ela (contei mais sobre isso neste post),  no carro coloco músicas que ela gosta e vamos cantando juntas, eu a música e ela o seu bebenês.

Com 9 meses ela começou a engatinhar (foi emocionante e eu tive a sorte de ser a primeira a ver, contei aqui) e a percorrer todo seu espaço de sua sala e não ficar mais parada.

Até então eu mandava meu leite ordenhado e congelado pro berçário, lá elas descongelavam em banho maria e oferecia de colherzinha pra Clara, pois ela não tinha pego nenhum copo de bico rígido e eu não deixei de jeito algum ela usar mamadeira e muito menos chupar chupeta por causa da possível confusão de bicos e ocasionar o desmame precoce.

Na minha hora do almoço eu ia até o berçário amamentá-la e estava tudo certo, porém, com uns 10 meses percebi que minha produção de leite deu uma estabilizada e eu não consegui mais ordenhar e ela ficou só com a alimentação de sólidos e leite materno quando estávamos juntas (relembre aqui).

Com 11 meses ela começou a querer ficar só em pé, mas sempre com apoio e qualquer pessoa que chegasse perto dela, ela dava um jeito de ficar em pé e sair passeando com as duas mãos dadas.

Com 1 ano e 1 mês exatamente ela deu seus primeiros passos sozinha em minha direção quando fui buscá-la e desde então não parou mais. Foi outra emoção, pois de novo não perdi seu início do andar.

Sua alimentação mudou quando estava com 1 ano e 2 meses, aí ela saiu da comida do berçário 1 e foi pro cardápio do berçário 2, que é comida normal, com salada de entrada, preparações tipo de “adulto” e com fruta de sobremesa. (Isso ela faz em casa desde os 11 meses)

Atualmente, com quase 1 ano e 3 meses (fará dia 17/10) ela já anda super bem, está super solta, extrovertida, esperta, brincalhona e há 1 mês pede por sinais que não quer mais ficar rodeada de bebês e sim quer ir brincar com as crianças que já andam.

Ela tenta fugir de sua sala de tudo quanto é forma, claro que não consegue, pois é toda segura, mas ela tenta colocar as pernas pra cima da gradinha, se passa uma “tia”/professora ela estica os braços que quer ir junto e assim vai.

Lembro que em janeiro, quando ela entrou no berçário, tinha uma menina de 1 ano e pouco que ficava desesperada dentro do B1 (berçário 1) e acabava mesmo que sem querer “atropelando” os outros bebês, inclusive a Clara e hoje, é minha filha que está nesta situação rs.

Com tudo isso, ela esta semana iniciou sua adaptação no berçário 2 e está toda prosa, faceira e feliz.

Hoje ela chegou no berçário e começou a fazer uma atividade com tinta, pincel e claro, sujeira, meleca e brincadeira são com eles mesmo, né? Fico muito feliz em vê-la se desenvolver ao tempo dela, mas com alegria e espontaneidade. Sinto que tomei a decisão certa em colocá-la no berçário ao invés de deixá-la com Babá, pois ela é uma criança feliz e isso vejo pelos olhos dela quando chegamos na escola.

É gente, o tempo voa demais de rápido, minha bebê nem cara de bebê tem mais, hoje tem cara de menininha sapeca. Olho as fotos dela e fico impressionada em como ela cresceu e cada vez a amo mais.

Como anda a evolução por aí?
As Crias vão pra escola já?

Beijos

Share Button

Comentários