anemia
Imagem: Pinterest
Semana passada uma mãe ficou desesperada porque seu filho está com anemia, e logo veio cheia de perguntas sobre a alimentação. Há muitos mitos sobre alimentos que combatem a anemia, aposto que você já ouviu algum destes:
 
  • cozinhar o feijão com um prego dentro da panela ajuda a curar a anemia
  • comer fígado cru com gemada
  • tomar um suco caprichado com clorofila
  • cozinhar suas comidas na panela de ferro
 
Bom, minha avó do interior era cheia dessas receitas que hoje, como nutricionista, sinto até arrepios na espinha quando escuto! Algumas coisas podem até ter fundamento, mas a grande maioria não, como por exemplo a gemada, que é super perigosa por causa da salmonela e o fígado cru nem preciso dizer que não é indicado, né?
 
Nossa necessidade de ferro diária depende da faixa etária. Grávidas, crianças e idosos tem uma maior necessidade de ferro no organismo.

 

necessidade de ferro
 
 
Pra ajudar as mães preocupadas com os níveis de ferro,  dá uma olhada nesta lista de alimentos que são fontes de ferro:
  • Carne vermelha,
  • Frango,
  • Peixe,
  • Quinua, 
  • aveia, 
  • trigo, 
  • cevada, 
  • pães com farinha 100% integral, 
  • feijão, 
  • castanha de caju, 
  • avelã, 
  • amêndoa,
  • pistache, 
  • agrião,
  •  rúcula,
  •  mostarda, 
  • ameixa,
  •  damasco, 
  • pêssego, 
  • uva passa, 
  • figo, 
  • banana passa,
  •  jiló, 
  • quiabo, 
  • inhame
 
Algumas práticas alimentares também ajudam a combater a anemia:

  • Aumentar o consumo de alimentos ricos em vitamina C, pois esta vitamina ajuda na absorção de ferro, exemplos de frutas cítricas ricas em vitamina C: laranja, acerola, limão, tangerina, mexerica, abacaxi, morango, caju
  • Aumentar o consumo de alimentos ricos em: vitamina A (couve, cenoura, abóbora, manga e mamão), B12 (peixes, fígado e carne bovina), ácido fólico (feijão, banana, abacaxi, laranja, lentilha e abóbora) e riboflavina (fígado, abacate, brócolis e fubá).

Além de ingerir alimentos fontes de ferro, precisamos evitar algumas coisas:

  • Não consumir alimentos fontes de cálcio (leite e derivados) junto com os alimentos fonte de ferro, pois o cálcio inibe a absorção do ferro pelo organismo
  • Evitar o consumo de bebidas à base de cafeína e álcool;
  • Maneirar o consumo  de soja e derivados;
  • Maneirar o consumo de alimentos ricos em fitatos, pois também inibe a absorção do ferro (farelo de trigo, farelo de aveia e cereais integrais em excesso)
  • maneirar o consumo de alimentos ricos em oxalatos: espinafre, beterraba, farelo de trigo, nozes, chá preto, chocolate.
 
Os alimentos de origem animal são as melhores fontes do ferro biodisponível para o organismo, por isso é interessante o consumo das carnes. Entre os tipos de carne, a carne vermelha é a que mais tem ferro.
Pra vocês terem uma ideia, os alimentos de origem animal tem de 20 à 30% do total do ferro absorvido, enquanto as fontes de origem vegetal, apenas 5%.
 
Seu filho não come carne de jeito nenhum?

Você prefere mil vezes a carne branca?

Calma que tem uma forma de você “fortificar” algumas preparações com o ferro da carne vermelha e é super simples. Que tal fazer seu arroz, feijão ou até mesmo cozinhar o macarrão com o caldo de carne caseiro e nutritivo?

Quando cozinhamos os alimentos, muitos de seus nutrientes se perdem na água, desta forma, se você fizer o caldo de carne e cozinhar outros alimentos com ele, além de mais saborosos, ficarão mais nutritivos.
 
Olha só como é fácil:
 
caldo de carne caseiro
Espero que gostem e que tenha ajudado.

Beijos,
Share Button

Comentários

  1. Oi Paola, adorei esse post.Sempre me preocupo se Malu está ingerindo as vitaminas necessárias. Adorei a receita do caldo também, pois já notei que ela não gosta muito de carne vermelha. Quanto tempo posso guardar esse caldo? Pode congelar? Obrigada! Beijos!

  2. Adorei Os últimos Post,Sempre Estou Atenta aoS Nutriente De Cada alimento Que Meu Bebê Ingere. Vou Praticas As Combinações De Ferro E Vitamin C

  3. Oi Paola, amei a receita do caldo! Acabei de fazer, queria saber quanto tempo dura na geladeira e se pode ser um vidro com uma tampa de metal (tenho uma garrafa de leite que seria ideal). Outra dúvida que tenho é sobre o óleo vegetal antes eu usava o de canola e depois falaram super mal dele, qual é o melhor? Posso usar azeite para fazer a comida? Parabéns pelo site, acompanho sempre para melhor cada vez mais a alimentação da minha filha Ceci de quase 2 aninhos! Bjos