Oi gente, tudo bem???

Hoje eu fiquei de postar 4 receitas de papinha que fiz pra Clara no fim de semana, mas mudei o assunto do post, ou melhor, só troquei o dia. Amanhã posto as receitas sem falta, tá?


Amanhã, 02 de abril é o Dia Mundial da Conscientização do Autismo decretado pela ONU e resolvi falar um pouco sobre este assunto.


Fonte Lagarta Vira Pupa


O que é o autismo?
O autismo é um transtorno do desenvolvimento que se manifesta na infância e afeta três áreas importantes:
  • A comunicação: a criança não fala, tem dificuldades para realizar um diálogo ou não fala de forma funcional (repete o que os outros falam, por exemplo)
  • A interação: a criança apresenta pouco contato visual e parece não ter interesse em interagir com outras crianças ou pessoas
  • O comportamento: a criança tem interesses muito restritos e pode apresentar comportamentos repetitivos



Eu tive o prazer de ver a Andréa Werner falando sobre o autismo e me encantei com ela, com a forma que ela escreve, com o blog dela e nem preciso dizer que pelo Théo também.


Ontem, eu mandei uma mensagem pra ela, perguntando se ela poderia, queria escrever algo sobre o autismo pra eu colocar aqui, afinal, nada melhor do que alguém que entende e vive a situação pra nos ajudar, né?


Ela, super fofa disse que eu poderia pegar o texto que ela fez no blog  Lagarta Vira Pupa dela e usá-lo.


Vocês podem perguntar porque tanto barulho em volta do Autismo e eu respondo:


Porque ele existe e quem tem merece respeito e ser tratado como igual, afinal são iguais;

Porque há estudos que descobriram que entre 50 crianças, 1 é autista, sim, o número é alto (mais que câncer, AIDS e outras doenças que todo mundo morre de medo de ter) e alguém ao seu lado pode ser autista e você não sabe;
Porque a maioria dos pediatras não conseguem diagnosticar o autismo em seus pacientes;
E porque a gente  divulga tanta besteira, que vale a pena se unir e divulgar coisas importantes, né?

Uma das coisas que achei mais interessante que a Andréa falou é em como diagnosticar o Autismo, já que normalmente os Pediatras não o fazem. Ela mesmo, descobriu quando o Théo tinha mais de 1 ano e foi na escola que deram o primeiro passo pra ela investigar a fundo se o Théo tinha algo a ser tratado.

Ela disse que mais importante do que a gente ver o que nossos bebês aprenderam de novo e fazem, é o que eles deixam de fazer  ou não fazem.

Olha aqui o que ela explica:


 Quais os sinais de alerta?
Se o bebê apresenta qualquer um desses sinais, deve ser levado a um neuropediatra especializado em transtornos do desenvolvimento:
  • Não apresenta sorrisos ou expressões de felicidade a partir dos 6 meses;
  • Não compartilha ou reage a sons, sorrisos ou outras expressões faciais a partir dos 9 meses;
  • Não balbucia palavras aos 12 meses;
  • Não compartilha gestos como apontar, mostrar, tentar alcançar algo ou “dar tchau” aos 12 meses;
  • Não pronuncia nenhuma palavra aos 16 meses;
  • Não fala nenhuma frase de 2 palavras com sentido (excluindo repetição ou imitação) aos 24 meses;
  • Qualquer perda de fala, balbucio ou habilidades sociais (como “dar tchau”e bater palminhas) em qualquer idade.

Como posso ajudar?
Repasse esse texto para amigos, colegas e para a direção da escola do seu filho. Vista uma roupa azul amanhã pela conscientização do autismo. Veja, NESTE LINK, os eventos do Dia Mundial do Autismo na sua cidade e participe!
Lembre-se de que quanto antes houver o diagnóstico, mais chances tem a criança de viver uma vida plena e independente. Já pensou se você puder ajudar uma criancinha ser diagnosticada antes?


Amanhã, Clara e eu estaremos de azul pra fazer parte deste movimento.

O texto completo da Andréa está aqui.

Vamos participar????

Amanhã, coloquem roupa azul, postem lá na nossa fanpage e marque #lagartavirapupa #diamundialAutismo.

Beijos 

<3

Selo usado no dia 02/04 nas redes sociais do Maternidade Colorida


Share Button

Comentários

  1. Paola, vc é uma FOFA! Que sorte ter conhecido você e outras mães no evento da Baby! Muito obrigada pelo apoio, pelo post e pelo carinho! Pode ter certeza de que você está ajudando essa causa!

    um bjo