crise e a alimentação

Imagem Shutterstock

Crise espalhada no País, os preços estão nas alturas e com isso afeta em todos os aspectos do nosso dia a dia. No quesito alimentação, parece que tudo está o olho da cara de tão caro. O que antes era barato e existia na mesa da grande maioria, hoje, parece ser artigo de luxo. Comer está caro, mas não podemos ficar sem nos alimentar e o principal, de forma correta e saudável. Mas como vencer a crise e os preços absurdos dos alimentos?

Um dos nossos maiores aliados para vencer a crise e os preços absurdos dos alimentos é usar a criatividade e claro, ter organização. Com criatividade, conseguimos transformar o mais simples ingrediente em uma deliciosa receita e a organização nos ajuda a diminuir o desperdício.

Sim, se pararmos pra pensar, o desperdício é algo que somado ao preço exorbitante de alguns alimentos faz com que ele fique ainda mais caro. Já pensou jogar fora aquele pote de feijão na geladeira porque você se organizou errado em relação as quantidades? Pois é, feijão, o mais novo artigo de luxo na nossa cozinha.

Sou eu quem faz as compras em casa e tenho notado aumentos periódicos de itens que eram acessíveis. Semana passada, ao fazer compra de frutas em casa, percebi o aumento de quase 80% no local que eu costumo frequentar e já adianto, não é nenhum lugar de luxo, de bairro classe A. É uma quitandinha que uma família abriu na garagem de sua casa, de bairro, onde antigamente, há 3 meses atrás, eu fazia compras de verduras, legumes e frutas com R$ 80,00 para 1 semana inteira.

Pois é, semana passada comprei só frutas: 2 dúzias de banana, 2 pêras, 1 cacho de uva (item regalia master do dia, mas Clara pediu), 10 laranjas, 3 goiabas, 4 mexericas e gastei R$ 49,50. Achei um absurdo de caro. Mas enfim, precisávamos comer, certo? O quilo da maçã estava R$ 9,99. Oi? R$ 9,90 o quilo da maçã? Aquela fruta que custava menos de R$ 5,00 estava valendo ouro.

Mas vamos a algumas dicas práticas para sua organização:

crise e os preços absurdos dos alimentos 2

Parece tudo besteira, mas acreditem, além de ajudá-las a economizar, vai colaborar e muito com a variedade e qualidade das refeições por aí. Afinal, com a correria do dia a dia, unido aos valores, nada melhor do que organização à nosso favor!

Quanto a criatividade, existem muitas coisas que podemos fazer. Mas algumas em questão eu percebo que muitas vezes nem percebemos ou esquecemos. Carne está cara, mas com receitinhas, o mesmo tipo de corte pode se transformar em várias opções e não vai parecer que você está comendo todo dia o mesmo corte de carne. Olhe aqui uma receita de hamburguer caseiro.

Quando praticamos de fato o #ComaForaDaCaixinha, variamos na alimentação, não ficamos refém de nenhum produto e com isso, quando ele está com preço de pedra preciosa, não sentimos tanta falta em não comprá-lo. Este é um exemplo claro dos recheios de pães, biscoitos e torradas.

crise e os preços absurdos dos alimentos

Aqui em casa a criatividade e a organização são minhas aliadas, porque sim, a crise bateu aqui também com toda força. Bora arregaçar as mangas, trocar ideias e seguir em frente sempre com o objetivo de manter um hábito saudável, né?

Espero tê-las ajudado.

Beijos.

Share Button
Deixe seu comentário ou dúvida: