Imagem Shutterstock

Imagem Shutterstock

Viver sem leite não é o fim do mundo, costumo dizer que é preciso abrir o horizonte e dar espaço para opções fora do “habitual”. Digamos que romper as barreiras de nosso hábito em comer manteiga, queijo, requeijão ou afins é mais complicado do que qualquer outra coisa. Além de toda necessidade em se ter o aporte de cálcio adequado, que é facilmente conseguido com uma alimentação correta e ingestão de outros alimentos fontes do mesmo (relembre sobre isso neste post), percebo que muitas famílias encontram dificuldade na hora do café da manhã e lanches, afinal, o que pode passar no pão de quem tem APLV? No post de hoje, reuni 13 opções para te ajudar a variar o cardápio por aí!

Mas vamos dar uma relembrada: crianças ou qualquer pessoa que possuem APLV não podem consumir nada de leite e derivados, mesmo que seja isento de lactose pois elas não tem intolerância a lactose e sim alergia a proteína do leite, a caseína, que não da pra tirar. Então temos que substituir o leite e derivados por outros alimentos e ficar de olho em repor o cálcio com outros alimentos!

o-que-passar-no-pao-de-quem-tem-aplv

Imagem: Shutterstock

1 – Manteiga de coco ou óleo de coco gelado, gordura do bem, antifúngico e quando passa no pão que se derrete, pode colocar por cima um pouco de sal marinho ou sal rosa e fica delicia!

2 – Azeite e orégano, rico em gorduras do bem que ajuda a diminuir o colesterol ruim e orégano que é um dos temperos favoritos da criançada e super antifúngico.

3 – Pasta de grão de bico ou também conhecida como hommus, rica em cálcio e deliciosa.

4 – Patê de atum com azeite, rico em ômega 3, gordura do bem. Ah! A melhor opção é sempre o atum em óleo, pois garante o ômega 3 e menos probabilidade de contaminação por fungos do que o atum em água.

Receitinha rápida -  Patê de Atum:

Ingredientes:
1 lata de atum em óleo
Azeite
Salsinha picadinha

Modo de preparo:

Amasse o atum em lata, regue com um pouco de azeite, acrescente salsinha picadinha bem pequenininha e mexa bem!

Pronto, aí está um patê delicioso!

OBSERVAÇÃO SUPER IMPORTANTE: A Helô, minha diva, uma das moderadoras dos grupos de alimentação saudável que também sou moderadora, os “FIAs”, mãe da Carmem e do Angelo me alertou sobre algo que muitas vezes quem vive a alergia 100% de perto tem conhecimento: Atum em lata pode conter leite e nem todas as empresas rotulam. Por isso, liguem no SAC da marca consumida e se informem, tá?

5 – Patê de tomate seco, ervas finas. Para fazê-los, é só bater o ingrediente principal com inhame cozido, no lugar que seria da ricota ou creme de leite. Aos poucos você descobre novas combinações.

6 – Maionese de inhame

Receitinha rápida - Maionese de inhame:

Ingredientes:
1 inhame cozido
Água (pouca) apenas para dar a consistência de maionese
1 colher de sopa de vinagre de maçã
1 colher de chá de mostarda
1 colher de sopa de azeite
Gotas de limão
Sal à gosto

Modo de preparo:

Bata tudo no liquidificador, até ficar com a consistência de maionese. Fica uma delícia!

7 – Ricota de amêndoa, que é feita com o resíduo de amêndoa que sobra quando você faz o leite de amêndoas. O que sobra na hora de coar, é só temperar com azeite, sal que fica uma delícia, além de ser rico em cálcio.

o-que-passar-no-pao-de-quem-tem-aplv

Imagem: Shutterstock

8 – Geleia de frutas, sem adição de açúcar, ricas em fibras solúveis e vitaminas. Se fizer um “purê” de inhame bem durinho com frutas e colocar por baixo, fica uma delícia, além de lindo!

9 – Guacamole ou abacate amassado com tomate, sal e orégano, gordura do bem, também ajuda a diminuir o colesterol ruim.

o-que-passar-no-pao-de-quem-tem-aplv

Imagem: Shutterstock

10 – Mel, é antioxidante, rico em cálcio, magnésio, fósforo. A partir de 1 ano já pode ser oferecido, porém, como é “doce” é melhor esperar até os 2 anos por causa da criação do paladar e hábito alimentar.

11 – Ovo, tem coisa mais gostosa do que pão com ovo? Você ainda por colocar uma cenourinha ralada, tomate picadinho, um fio de azeite e orégano que fica uma delícia.

Imagem Shutterstock

Imagem Shutterstock

12 – Frango desfiado, carne desfiada também são opções muito bacanas para um lanche da tarde, por exemplo. Claro que podem aparecer no café da manhã dependendo dos costumes familiar e regional.

13 – Pães recheados com frutas secas, frutas, legumes e verduras também é uma opção bem bacana, pois além de nutritivo já tem algo para acompanhar. Normalmente eles são coloridos e chamam a atenção dos pequenos

O importante da alimentação é sempre variar, no lugar do pão, tem tapioca, panqueca, wafle, bolachas, torradas e os acompanhamentos, como acabamos de ver, existem e vários. Se for pensar, quem não consome o “vicio” dos derivados do leite tem um cardápio muito mais variado. Pode dar mais trabalho na hora do preparo, mas com organização tudo é possível, além de já existir algumas empresas sérias com produtos para quem tem APLV ou qualquer outra alergia alimentar.

A dica é nunca consumir o que não é saudável, como embutidos, por exemplo e sempre variar bastante. Algumas das opções foram dadas pela minha amiga e nutricionista funcional Analucia, no Nutrindo Corpo e Alma e ela coloca em prática tudo isso, pois ela e seu pequenos são alérgicos, inclusive a receita da maionese de inhame é dela! :)

E por aí, o que vocês costumam usar para acompanhar os pães ou afins?

Beijos.

 

Share Button